Recent Posts

sábado, 8 de março de 2014

ONG COMPLETA 4 ANOS EM ALCANTARAS


A Entidade Cooperativista Sustentável - ECOS completou na última quinta-feira, quatro anos de fundação e atuação na cidade de Alcântaras, zona norte do Ceará.A ONG fundada em 06 de março de 2010 por um grupo de estudantes chega ao quadriênio  participando de mais de três conselhos da cidade e executando cerca de cinco projetos de grande importância para o município: o Informativo o Serrano, Sabão Ecológico, Projeto Reciclar, Cine Ecos e Jovens Escritores Integrada por acadêmicos dos cursos de Ciências Sociais, Zootecnia, Direito, Letras, Biologia e Pedagogia a ECOS realiza periodicamente em Alcântaras ações ambientais como mutirões, campanhas e até denuncias. Em 2011 a mesma recebeu da Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará uma homenagem de reconhecimento as 11 experiencias mais exitosas do Estado voltada a preservação dos recursos hídricos. Já em 2012 a entidade foi foco de três monografias de estudantes de graduação e pós-graduação da UVA e ganhou destaque em radios de Sobral e na Revista Café e Cultura. No mesmo ano a ECOS realizou incasavelmente palestras e campanhas incentivando uma campanha de racionamento de água em Alcântaras. No inicio de 2013 a organização condeceu uma pequena entrevista ao Diário do Nordeste onde foi questionado a situação hidrica do municipio frente aos efeitos da Seca de 2012, e ainda pretende implantaou   novos projetos no município como o Quermesse da ECOS, Sitio Ecológico e o Projeto Alcântaras Histórias e Raízes ( PAHR). Para 2014 dentre muitas ações estão previstas a culminância do Seminário Temático de 4 anos do Serrano; a parceira na criação de trilhas ecológicas, a criação do Nucleo Regional da RJC e o Encontro Regional de Meio Ambiente( ECOAR).Focada na valorização da diversidade, do voluntariado, do resgate a cultura e defesa do meio ambiente a ECOS  chega a 2014 como  ONG referencia na região da Serra da Meruoca, com credibilidade junto ao comércio local, poder publico, universidades e empresas da rede privada..
Redação do Serrano

Nenhum comentário:

Postar um comentário